AGORA É GUERRA! CUT e MST prometem “lutar” contra golpistas, a guerra inicia amanha!

CUT e MST prometem “lutar” contra golpistas que querem Impeachment de Dilma

Depois que o impeachment de Dilma foi viabilizado por Eduardo Cunha, que autorizou a tramitação do processo no Congresso Nacional, Lula, líder mor da esquerda brasileira passou a afirmar que não há base jurídica para o impeachment, sugerindo que o ato de Cunha nada mais é do que um golpe da direita, que quer tirar os pobres do poder.


Seus seguidores passaram a papagaiar o discurso do mestre e os movimentos que são tidos como braço armado do PT nas ruas já declararam através de seus líderes que vão “lutar” para defender o mandato de Dilma, conforme demonstra artigo publicado pelo GLOBO.


A Central Única dos Trabalhadores (CUT) vai dar início às mobilizações de rua contra o impeachment. O primeiro ato está marcado para a tarde de quirta-feira em Brasília. A central vai se reunir na quarta-feira com outros movimentos sociais, como o MST e a Via Campesina, para definir um calendário de atos em defesa da presidente Dilma Rousseff. — O impeachment é uma agressao à democracia. Não há motivação jurídica nenhuma. Vamos defender o mandato da presidente Dilma, que foi outorgado pelo povo — disse Vagner Freitas, presidente da CUT. O MST também criticou a abertura do processo. — Vamos lutar para defender o mandato da presidente Dilma. O MST tem divergências em.relação ao governo da Dilma, mas não é a favor do impeachment — disse João Paulo Rodrigues, da coordenação nacional do Movimento dos Sem Terra (MST). Na avaliação do dirigente do MST, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), “não tem credibilidade para coordenar e autorizar o impeacment”. — Esse impeachment é golpe — disse Rodrigues

AGORA É GUERRA! CUT e MST prometem “lutar” contra golpistas, a guerra inicia amanha! AGORA É GUERRA! CUT e MST prometem “lutar” contra golpistas, a guerra inicia amanha! Reviewed by Politica e Democracia on 18:39:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.