Ao menos 52 objetos do alvorada não foram encontrados após a saída de Dilma

Foi identificado o sumiço de ao menos 52 objetos do Palácio Alvorada desde quando a ex-presidente Dilma Rousseff o desocupou, partindo para Porto Alegre, segundo fontes próximas ao Planalto e Ministério da Transparência. Ela terá de devolver todos os objetos à União, sob pena de processo no Tribunal de Contas da União e até na Justiça comum. Dilma começou a mudança para o sul na madrugada de segunda (5).




Além do sumiço de itens que pertencem ao patrimônio público,  a mudança de Dilma, em três caminhões, custou-nos R$ 75 mil.
A mudança de Dilma foi modesta para os padrões Lula, que usou 11 caminhões e levou 697 itens que não lhe pertencem, segundo o TCU.
Além de usar caminhões de mudança, Dilma também levou pertences certamente pessoais em jatinho da FAB.
Os pertences de Dilma, segundo sua assessoria, vão ser estocados na casa da petista e também num depósito alugado.

Ao menos 52 objetos do alvorada não foram encontrados após a saída de Dilma Ao menos 52 objetos do alvorada não foram encontrados após a saída de Dilma Reviewed by Politica e Democracia on 07:21:00 Rating: 5

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.