Wagner Moura diz que ninguém quer financiar seu novo filme por represália política


O protagonista da série Narcos concedeu uma entrevista ao UOL, em que mostrou-se decepcionado com a falta de financiamento privado para a produção do seu primeiro filme como diretor, que se trata de uma cinebiografia do guerrilheiro da luta armada, Carlos Mariguella.



O filme foi aprovado para receber recursos provenientes da Lei Rouanet, entretanto, o que muita gente não sabe é que são as empresas que decidem se querem financiar um projeto ou não e o filme de Wagner não tem chamado a atenção de eventuais patrocinadores.
O ator reclama que a falta de interesse das empresas são uma represália contra ele, pois sempre defendeu o governo de Lula e Dilma e assume, publicamente, que é contra Michel Temer e o atual ministro da cultura, Marcelo Calero. Para ele, seu posicionamento político é o motivo de estar a anos tentando produzir o longa nacional sem obter êxito.
Moura conta que já recebeu e-mails respondendo tentativas de financiamento, nos quais os responsáveis pelas respectivas empresas disseram que não ajudariam um filme feito por ele, muito menos por se tratar de uma produção sobre um terrorista.
Wagner se apaixonou pela história de vida de Mariguella logo depois de ler o livro de Mario Magalhães, que fala sobre o guerrilheiro. Para o ator, Carlos Mariguella foge da figura mais clássica de um guerrilheiro e além disso, é baiano, como ele, o que reforçou sua admiração pelo líder de esquerda daquela época.
O ator também falou que, por falta de conhecimento sobre o funcionamento das leis de incentivo à cultura, muita gente acaba extrapolando e falando bobagens sobre os atores, alegando que eles vivem “mamando no governo”. Também diz que existem várias personalidades do país que pedem para as pessoas boicotarem artistas que eram favoráveis ao governo da ex-presidente do Brasil.
Não são apenas as grandes empresas que estão se recusando a apoiar o projeto de Wagner, muitas pessoas manifestam suas opiniões através da internet. Para a maioria das pessoas que opinam sobre o assunto, além do Cinema nacional raramente ter boas produções, enaltecer um homem que esteve envolvido até no sequestro de um embaixador americano, é algo fora de cogitação. Essas críticas poderiam levar um eventual filme sobre o assunto, ao fracasso total nas bilheterias, o que traria prejuízo para os patrocinadores.


Fonte: Blastingnews
Wagner Moura diz que ninguém quer financiar seu novo filme por represália política Wagner Moura diz que ninguém quer financiar seu novo filme por represália política Reviewed by Politica e Democracia on 10:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.